BRAINSTORMING

nosso jeito de pensar o ambiente de negócios
Produtividade em Desenvolvimento de Software

Produtividade em Desenvolvimento de Software

09.04.2015.

Enquanto estava na faculdade, ouvi falar de conceito de desenvolvimento de software como o Pair Programming. Metodologias que “vendiam” o aumento de produtividade em desenvolvimento de software, todas válidas. O pair programming mesmo eu cheguei a ver em uso em minha primeira empresa. Particularmente nunca curti muito o modelo de “um digita, outro dá palpite”.

Tenho amigos muito mais especialistas em gerência de projetos de desenvolvimento de software do que eu que garantem que pair programming bem implementado funciona bem. Eu nunca vi!

Na verdade li um artigo há um tempo onde apresentava-se um conceito interessante: “Se uma equipe não pode ser alimentada com 2 pizzas, então ela está grande demais.”

Isso vai de encontro a questão básica da otimização de recursos de qualquer tipo, meu pai sempre me disse que tudo demais faz mal! Acabou que com o tempo eu entendi que é verdade.

A máxima: “2 cabeças pensam melhor do que 1” é verdade, mas se o número de cabeças for crescendo, uma hora elas deixam de pensar e começam a bater umas nas outras e com isso o projeto vai pro ralo!

Quase tão ruim quanto o projeto ir para o ralo é o efeito de uma equipe grande no comportamento dos indivíduos que a compõem. A psicologia comportamental diz que tendemos a fazer menos barulho em grupo do que sozinhos. Ou seja, em grandes grupos os indivíduos desaparecem e assim morre a contribuição efetiva deles ao projeto e ao todo.

Parto do princípio que ao montar uma equipe, tomamos o cuidado para que tenhamos os melhores profissionais em cada especialidade. Assim sendo, receber a contribuição de todos em igual peso é fundamental para o sucesso do projeto, seja ele qual for. Ou seja, se a voz de um dos membros da equipe some no “barulho” do grupo, estamos jogando no lixo o trabalho de escolha daquela pessoa para integrar o projeto e, sem sua contribuição, o projeto e o cliente.

Gosto de pensar em projetos como histórias, ou seja, eles têm um início, um meio e um fim. É verdade que alguns pensam que com bom planejamento o projeto seguirá suavemente pelo curso planejado com percalços mínimos. MENTIRA!

Quando planejamos um projeto assumimos valores para variáveis que não conhecemos inteiramente. O que chamamos de cronograma de projetos é uma estimativa OTIMISTA (por mais pessimista que pareça) de como o projeto se comportará considerando nossa experiência anterior e as CNTP.

Aliás, CNTP é a maior balela já inventada pelo homem. As famosas Condições Normais de Temperatura e Pressão foram criadas por um cientista qualquer que precisava provar sua teoria mesmo o resultado das experiências dando diferente do previsto. Tenho certeza disso!

Então vamos aceitar que:

  1. 9 mulheres não fazem o bebê em 1mês, há um tempo para tudo! Duas pizzas, nada além disso.
  2. Cronograma de Projeto é algo importante, mas um bom gerente de projeto tem que saber reagir rápido quanto tudo der errado. E vai dar, sempre dá.
  3. Quem cala aceita, não concorda. Façamos a equipe inteira participar e dar opinião
Author:

Formado em engenharia de computação pela PUC-Rio é um apaixonado pelo mundo digital e um entusiasta do empreendedorismo e da capacidade humana de superar e se adaptar!